sábado, 28 de novembro de 2009

Cinema / 2012 O filme

Para muitos estudiosos e cientistas, o Apocalipse pode estar mesmo muito próximo, pois fim dos dias agora já tem data marcada, 21 de Dezembro de 2012, segundo um calendário deixado pelos "Maias"(O império maia era considerado um representante dos deuses na Terra), que teria termino nesta data.
Tantas histórias foram contadas, tantas pesquisas realizadas á respeito do fim dos dias, que a Colúmbia Pictures lançou no último dia 15 de Novembro, o filme 2012. O longa, está sendo critica em todo mundo. Religiosos e críticos não acreditam que é possível prever o fim dos tempos.
Mesmo assim, o filme está liderando as bilheterias em todo mundo. Só no Brasil durante sua estreia, 2012 esgotou bilheteria em várias cidades.
No filme, cientistas descobrem que o Sol lançou em direção a terra uma enorme onda de calor, fazendo com que o núcleo do planeta venha à se super aquecer, acusando então atividades em todas as partes do mundo.
O chão começa a se rachar, os lagos e rios secam, animais morrem e a vegetação começa a ser prejudicada devido ao calor. Ai que uma série de desastres castigam nosso planeta, enormes erupções vulcânicas, terremotos de alta intêncidade, acabam com tudo o que está por perto.
É uma verdadeira luta pela sobrevivência contada no relógio, por que uma Tsunami com cerca de 1.500 metros de altura atinge todo o globo, causando medo e destruição à humanidade.
No final do longa, poucos se salvam, apenas os que estão na "Arca", construída por Chineses.
As água recuam, e uma nova civilização surge para a reconstrução de um novo mundo!
Mensagem: O filme 2012, além de eletrizante, trás grandes mensagem de reflexão.
Pois no longa, fica claro que há preconceito entre algumas classes sociais, e também grandes países como os EUA, que perde sua potência no filme, a China se destaca como futura grande potência. Ao fim da história, o único continente que ficou ileso aos desastres, foi o continente africano, que hoje é "rejeitado" por muitos olhos no mundo todo.
Por que descriminar uma pessoa de baixa renda, sendo que somos filhos de um só Deus? Pois no momento de revolta, toda uma nação pode se unir e tentar salvar o mundo.Não há dinheiro no que salve a vida de uma nação que está prestes a ser destruída, basta olharmos para trás e enxergarmos que somos todos irmãos!

Um comentário:

LUIZINHO BRITO disse...

A COP 15 comprova isso.

Édipo, Thais, Felipe, Cíntia a Débora.

Édipo, Thais, Felipe, Cíntia a Débora.
Rádio - Marjorie Também!